Imensidões gerais
 
O grande lago de Três Marias e o Rio São Francisco são os grandes atrativos de dois importantes circuitos turísticos, ambos reveladores de muitas das belezas descritas na obra do grande João Guimarães Rosa.
 

Por Cacaio Six
Fotos Daniel Mansur/Francilins
 
As três estrelas da constelação de Órion que brilham no alto do céu inegavelmente mais brilhante no sertão são chamadas Marias assim como foram batizadas como Marias as três irmãs gêmeas que viviam às margens do Rio São Francisco, cuja a lenda diz que morreram (ou preferiram morrer) afogadas quando o “Velho Chico” foi represado para formar o grande lago de 1 040 quilômetros quadrados de superfície.

Esse mundão d’água que cobriu campos de cerrado, veredas e planaltos dos gerais ganhou o nome de Três Marias, talvez em homenagem às irmãs ou em reverência aos luminosos astros, separados da Terra por alguns bons anos luz.
Três Marias também é o nome do município originário da grande obra idealizada pelo visionário Presidente Juscelino Kubistchek. O objetivo maior era aproveitar o potencial hidrelétrico do rio da integração nacional, além de regular o seu curso d’água com o objetivo de melhorar a navegabilidade e fomentar a indústria e projetos de irrigação. Mais de 10 mil pessoas foram atraídas para trabalhar na obra, iniciada em 1957 e concluída em 1961. Desta leva de trabalhadores, saíram os pioneiros fundadores do município.

Quase 50 anos depois desta epopéia, Três Marias é o centro de um projeto turístico integrado ao Circuito Turístico Lago de Três Marias, que inclui ainda os municípios de Abaeté, Biquinhas, Félixlândia, Martinho Campos, Morada Nova de Minas, Paineiras, Pompéu e São Gonçalo do Abaeté.

Outro circuito integrado pela cidade ganhou o nome do escritor de Grande Sertão: Veredas. O Circuito Turístico Guimarães Rosa, segundo a Secretaria de Turismo de Minas Gerais, é o “primeiro baseado em literatura, e destinado àqueles que querem ver, no sertão mineiro, os cenários da obra e vida de João Guimarães Rosa. Pelos caminhos do sertão, apreciam-se o engenho e a arte de viver do sertanejo, o som das violas e do berrante, as festas tradicionais, cavalgadas, passeio de barco pelo Rio São Francisco e ainda tncontros culturais inspirados nos contos do escritor”. Além de Três Marias, integram esse circuito as cidades de Araçaí, Buritizeiro, Cordisburgo, Corinto, Curvelo, Felixlândia, Inimutaba, Lassance, Morro da Garça, Pirapora, Presidente Juscelino e Várzea da Palma.

Foi no pequeno distrito de Andrequicé que viveu o vaqueiro Manuel Nardi, o Manuelzão, companheiro de viagem do escritor pelos sertões gerais e inspirador do conto “Manuelzão e Miguilin”. É neste povoado que está o singelo mas significativo Museu Casa de Manuelzão, erguido na antiga residência do vaqueiro.

Com boa e interessante infraestrutura turística, estrategicamente localizada às margens do São Francisco e do grande lago azulado, Três Marias apresenta três roteiros: Manuelzão, São Francisco e Três Marias. O primeiro leva justamente a Andrequicé para que o turista conheça não só o museu como também a Igreja de Nossa Senhora das Mercês, templo em estilo arquitetônico conhecido como missionário jesuítico, erguido em 1725 por ordem de um fazendeiro diamantinense. Outros atrativos são as cachoeiras do Guará e do Riachão, ambas no Rio Guará, ótimas para banhos principalmente no período da seca.

Os roteiros das Três Marias e São Francisco convidam para passeios pelo grande lago e pelo “Velho Chico”. Como não poderia deixar de ser, os grandes atrativos são a pesca amadora e os esportes náuticos. No rio, é possível alugar barcos dos pescadores locais que levam os apaixonados pela pesca a “pesqueiros” onde pode-se fisgar peixes nobres como o dourado e o surubim. Além da pesca, principalmente do tucunaré (peixe originário da bacia amazônica introduzido no grande reservatório), as águas azuladas do lago são propícias para navegar de lancha ou chalana e perfeitas para quem gosta de esportes à vela ou pilotar jet ski.

Em razão da grande variedade de pescados, a gastronomia local é pródiga em delícias como o prato “pintado (ou surubim) na brasa” e pratos derivados dos peixes tucunaré, dourado, piáu, traíra e curimatã. Também vale a pena experimentar delícias da tradicional cozinha mineira temperada com elementos da cultura sertaneja.


Sustentabilidade

Três Marias é sede de uma grande empresa, integrante de um dos maiores conglomerados empresariais do Brasil, o grupo Votorantim, liderado pelo conhecido empresário Antonio Ermírio de Moraes. A Votorantim Metais é originária da CMM (Companhia Mineira de Metais) e está na região desde 1956 quando começou atuar no mercado de zinco. Hoje, a companhia é a maior produtora de zinco da América Latina e figura entre as 10 maiores produtoras mundiais.

Em todos esses anos de existência, a companhia foi alvo de sérias polêmicas relacionadas à poluição ambiental tanto do Rio São Francisco quanto da vegetação do entorno e até do lençol freático. O seu atual gerente-geral, Fernando Rezende afirma, entretanto, que a empresa “tem compromisso com o desenvolvimento sustentável”. Rezende explica que a Votorantim Metais é uma empresa que respeita as comunidades em que atua, é empreendedora e investe em novas tecnologias. Segundo ele, “a diferença do desenvolvimento sustentável que as empresas do Grupo Votorantim praticam está em gerar valor com respeito aos interesses dos diversos públicos que se relacionam com a empresa. Ser sustentável é ser capaz de garantir continuidade e crescimento dos negócios no longo prazo, antecipando motivações das partes interessadas e incorporando-as aos objetivos da empresa”.

No caso de Três Marias, Rezende afirma que a Companhia desenvolve uma série de ações voltadas ao acompanhamento das condições das águas, ar e peixes, entre outras iniciativas que garantem a sustentabilidade, tanto da região quanto de seus negócios. Ele cita como exemplo o projeto Jovens Educadores Ambientais , uma parceria com o Consórcio dos Municípios do Lago de Três Marias (Comlago), que “visa capacitar filhos e netos de pescadores em gestão ambiental e de projetos. No total, 72 jovens já passaram pelo projeto e desenvolvem, em seus municípios, ações que buscam garantir a sustentabilidade do meio ambiente da região”.

Rezende também destaca o Programa de Educação Ambiental (PEA) da Votorantim Metais “outro exemplo do compromisso da empresa com o desenvolvimento sustentável da região onde está inserida”. Só no ano de 2009, informa ele, as atividades do Programa envolveram cerca de 2.500 pessoas, entre funcionários, professores da rede pública e particular de ensino do município, alunos e membros da comunidade.




O Velho Chico ao pôr do sol revela as belezas e toda a grandiosidade do rio da integração nacional.

O grande Lago de Três Marias é o “mar doce” do sertão.

O São Francisco é dávida maior de todos os sertões gerais.

Vegetacão típica de cerrado que cobre de biodiversidade a ampla região.