Patrimônio art decó restaurado

Após a conclusão das obras de revitalização, o antigo Cine Brasil, um dos símbolos da Praça Sete de Setembro, será um centro de cultura de vanguarda com suporte da tecnologia digital.


Foto Francilins
 
O antigo Cine Brasil, rebatizado agora de V & M BRASIL Centro de Cultura, está sendo revitalizado desde 2006 pela Fundação Sidertube e sua mantenedora, V & M do BRASIL. As obras internas estão em andamento, mas a restauração da fachada original, da marquise para cima, já foi concluída. A intenção é criar um centro de cultura de vanguarda, cujo suporte será a tecnologia digital.

Dentro do prédio, os engenheiros encontraram uma surpresa: debaixo de muitas camadas de tinta e papéis de parede foi encontrada a pintura interna original. Uma verdadeira obra de arte, com formas geométricas, perdida no tempo, pois não havia documentação que comprovasse sua existência. Hoje, restauradores trabalham nas paredes, removendo a tinta sobreposta e reconstituindo a pintura original.

O prédio possui 8,3 mil metros quadrados e 11 andares. O cinema ganhará tecnologia digital e terá 1.100 lugares. Em 1999, quando foram encerradas as atividades o espaço contava com 1.657 lugares. Foram retirados os assentos que ficavam abaixo das duas galerias, onde a ótica e a acústica não eram tão generosas. No lugar foi construído um foyer, que será um ponto de encontro e celebração durante os atos.

O grande teatro não funcionará apenas como cinema. O V & M BRASIL Centro de Cultura contará com vários ambientes, como sala multimídia para 200 pessoas, galerias para exposições de quadros, fotos e esculturas, salas para formação cultural e artística, estúdios de gravação e edição de vídeo, espaço para grandes apresentações musicais, teatrais e de cinema, entre outros..


Teatro iluminado

No dia 12 de dezembro de 2009, data em que Belo Horizonte completou 112 anos, a V & M do BRASIL e a Fundação Sidertube acenderam as luzes das janelas do V & M BRASIL Centro de Cultura (antigo Cine Brasil), resgatando o charme de sua arquitetura art decó. Com as luzes das janelas, vitrais e luminárias externas, os belorizontinos ganharam um presente: a revitalização da fachada do prédio, que, da marquise para cima, está concluída.

De acordo com presidente do V & M Brasil Centro de Cultura, Sebastião Carlos Andrade Merij, quem passar pela avenida Amazonas poderá ver a iluminação completa do antigo Cine Brasil. “Com este ato, brindamos e aplaudimos o aniversário da cidade”, completa.

Os vitrais foram reconstituídos por meio de fotos e documentos da época da inauguração e foram fabricados nos Estados Unidos, pois não havia similar dos originais no Brasil. A previsão é que os trabalhos de restauro e modernização do prédio sejam concluídos no primeiro trimestre de 2012.


Gentileza Urbana

O V & M Brasil Centro de Cultura foi um dos vencedores do Prêmio IAB-MG de Gentileza Urbana 2009. O troféu foi entregue no dia 16 de dezembro, durante a Cerimônia da 11ª Premiação de Arquitetura: homenagem ao professor Sylvio de Vasconcellos, realizada no Auditório da Escola de Arquitetura da UFMG, às 19h30. Para Sebastião Carlos Andrade Merij, presidente do V & M BRASIL Centro de Cultura, o prêmio é um reconhecimento aos esforços da V & M do BRASIL e da Fundação Sidertube para devolver à Belo Horizonte “um dos espaços culturais mais importantes da cidade”.


V & M do BRASIL


A V & M do BRASIL (VMB), controlada integralmente pelo grupo francês Vallourec, é uma das mais modernas siderúrgicas integradas do mundo, que produz tubos de aço sem costura a partir de matéria-prima e energia fornecidas pelas subsidiárias V & M FLORESTAL e V & M MINERAÇÃO. Um processo de produção autossustentável que credencia os seus produtos como Tubos Verdes, título dado pela utilização do carvão vegetal como principal fonte de energia renovável na produção.