Vocação de liderança

As curvas desenham a paisagem. Estão nas ondas da Serra do Curral; no contorno de uma das maiores vias da cidade; nas linhas sinuosas do edifício modernista no conjunto da Liberdade; no movimento da Lagoa da Pampulha, em suas edificações. Esta é mais uma forma de se ver Belo Horizonte. Cidade de circulações.

Aberta a idéias e desbravadores de todos os tempos, a antiga fazenda tornou-se ponto de comércio para os aventureiros que atravessavam Minas em busca de ouro; consagrou-se símbolo do Brasil República e expressão maior da arte modernista, até se firmar como importante pólo econômico e industrial do país. Eclética em sua arquitetura e em seu modo de ser, Belo Horizonte é, ao mesmo tempo, conservadora e cosmopolita. Flexível, ambígua, contraditória, a cidade continua em construção.

Primeira cidade planejada do país, Belo Horizonte passou a ser um divisor de águas entre o arcaico e o moderno Brasil. E esta vocação de liderança e de representatividade no cenário nacional mantém-se até os dias de hoje. Terceira maior cidade do país, a capital mineira ocupa posição central não apenas no mapa brasileiro, mas também nas decisões estratégicas do país.

Belo Horizonte é ponto de partida para belos passeios históricos. Nessas terras fizeram história os rebeldes inconfidentes e deixaram suas marcas artistas mundialmente conhecidos, como Aleijadinho e o mestre Ataíde. Suas obras estão em alguns municípios próximos de Belo Horizonte, que reúnem também outros importantes registros artísticos e arquitetônicos do período colonial. Entre estas cidades, merecem destaque Ouro Preto, Mariana e Congonhas. A natureza de Belo Horizonte e seu entorno é exuberante. As ondulações do relevo, como a Serra do Curral, a terra rica em nascentes e as montanhas entremeadas de grutas propiciam a exploração da região por meio de caminhadas, banhos de cachoeira e a prática de esportes de aventura.

Nesta edição muito especial, Sagarana mostra as belezas e o rico patrimônio turístico de Belo Horizonte,  sintetiza o melhor de sua produção cultural e desvela, com requinte, os mais fantásticos atrativos dos arredores da capital do século.





Produzida e editada por:

Editor
Cézar Félix

Editor de Fotografia
Henry Yu

Editor de Arte
J. A. Cézar

Colaboradores:

- Repórteres
Andréa Rocha
Cacaio Six
Marcela Vilas Boas
Assad Abrahão
Marina Rattes
Raquel Coutinho
Carolina Godói
Letícia Fassy

- Fotógrafos
Henry Yu
Daniel Mansur
Carlinhos Filho
Fred Tavares
Marcelo Andrê
Fernando Grilo
Fernando Piancastelli

- Articulista
Euclides Guimarães (Kika)

- Ilustração
Mário Vale

Publicidade
Dom Representações e Mkt

Scanner e Tratamento
Times Editorial

Produção Gráfica
Henry Yu

Projeto Gráfico
J. A. Cézar

Projeto Editorial
Cézar Félix